Como emagrecer caminhando

Muita gente acha que para emagrecer é preciso pagar uma academia cara, ir todos os dias e ter um personal trainer para montar uma rotina de atividades. Claro que, dependendo do seu objetivo, isso pode ser muito bom.

No entanto, se o que você deseja é emagrecer de uma forma simples, descomplicada, acessível e, acima de tudo, prazerosa, então a caminhada é a melhor opção.

Então, se você está tentando perder peso e quer saber como montar sua rotina de caminhadas para isso, continue lendo e vamos entender os detalhes a seguir.

É possível emagrecer caminhando?

Claro que sim! A caminhada é uma atividade aeróbica e é uma das mais recomendadas para quem quer perder peso, além de ser simples, prática e não exigir nada complicado para ser realizada.

O mais importante nesse caso é alternar as intensidades, para que haja alteração do ritmo cardíaco, pois é isso que leva à mais perda da peso, uma dica extra é tomar reduslim, emagrecedor natural que pode ajudar a queimar calorias de forma ainda mais eficiente.

Mais do que isso, andar melhora a circulação do sangue, favorece a nutrição do organismo, facilita a eliminação de toxinas e ainda reduz os níveis de estresse.

Como você deve imaginar, o estresse também é um fator que atrapalha o emagrecimento, visto que leva a liberação de hormônios que reduzem o funcionamento do metabolismo.

Agora que isso está bem claro, vamos ver algumas ótimas dicas para que você possa emagrecer caminhando:

  • 15 mil passos

Estudos mostram que para poder perder peso, o ideal é dar 15 mil passos por dia. Não precisa já bater essa meta no primeiro dia, apenas caminhe e aos poucos o seu condicionamento vai melhorando e o valor aumenta.

É importante ir com calma para não estressar o corpo e evitar lesões.

  • App de caminhada

Atualmente existem muitas opções gratuitas de apps que ajudam você a acompanhar o seu progresso no exercício. Muitos tem contador de passo integrado, que ajudam você a ter estatísticas sobre seus avanços, entre muitas outras opções.

  • 35 minutos de caminhada

Se não quer contar os passos, fique tranquilo. Uma boa dica é estabelecer ao menos 35 minutos de caminhada todos os dia, 6 vezes na semana, pelo menos.

Além de favorecer o emagrecimento, a caminhada ainda ajuda no controle do açúcar no sangue, principalmente quando você caminha 15 minutos depois da refeição.

  • Caminhada HIIT

Para potencializar seus resultados, que tal dar uma incrementada na caminhada?

Então, faça uma atividade intercalada. Aqueça por 10 minutos com caminhada leve e depois faça uma caminhada em um ritmo desconfortável, mas que possa ser mantido por esse tempo, por cerca de 15 a 20 segundos em cada minuto, por 10 minutos.

Aprenda Como Ganhar Peso: Dicas Secretas

Se você é daquele tipo de pessoa que pode comer de tudo e que não engorda, pode acreditar que este fato é motivo de inveja para muita gente. No entanto, muitas pessoas nessa condição se perguntam diariamente como ganhar peso.

Muitos consideram este fato um enorme privilégio, mas a maioria das pessoas que não conseguem engordar consideram isto um problema. Acontece que, muitas vezes, este fato está realmente relacionado com alguma disfunção biológica.

Este assunto não é tão abordado como as dietas para perder peso, mas as pessoas que desejam ganhar peso também precisam de ajuda e um esquema alimentar para que possam fazer isto de maneira natural e saudável.

Ganhar peso pode ser tão árduo quanto perder. Todos nós conhecemos alguém que come de tudo e continua magra como uma taquara.

Então, se você quer saber um pouco mais sobre esse assunto, continue lendo e descubra tudo o que você precisa saber sobre como ganhar peso. Vamos lá?!

Causas

Para ganhar peso não é recomendado sair por aí comendo hambúrguer e batatas fritas o dia todo. Ganhar peso não significa ganhar gordura e, mais do que isso, você precisa de um corpo saudável e bem nutrido.

Se você deseja ganhar peso, em primeiro lugar deve saber que as pessoas não engordam ou estão abaixo do seu peso ideal, por várias razões.

  • Pouca alimentação acompanhada de atividade física pesada
  • Rotina alimentar inadequada
  • Intervalo muito grande entre as refeições
  • Má absorção do organismo
  • Desequilíbrio hormonal (hipertireoidismo por exemplo)
  • Transtorno alimentar (bulimia, anorexia nervosa)
  • Doenças graves como câncer e tuberculose
  • Déficit de energia

Se possível, antes de iniciar um programa para ganhar peso, investigue a causa. Lembre-se que só possível tratar o problema entendendo melhor o que está causando ele.

A causa pode ser o resultado do seu sucesso ou seu fracasso. Nas causas mais serias, como uma doença grave por exemplo, você vai precisar de um tratamento, acompanhamento médico específico e talvez até o uso de medicamentos.

Se a causa for simples você pode seguir o programa sempre lembrando que assim como emagrecer, ganhar peso é sempre ideal que seja gradual.

Seu objetivo deve ser o peso ideal de acordo com sua altura, idade e gênero.

Se você aumentar 600 calorias diárias, poderá chegar a um resultado de um ganho de 500 gramas de peso por semana. Não esqueça que a saúde sempre vem em primeiro lugar.

Dicas para ganhar peso

Avaliando a causa, é possível ver algumas dicas importantes e passos para você seguir até chegar no seu peso ideal ou desejado. Veja a seguir:

  1. Manter uma dieta saudável.

Para engordar não é simplesmente sair comendo tudo que vê pela frente como por exemplo frituras e doces, sendo muito importante uma mudança nos hábitos alimentares.

Procure balancear comidas saudáveis ricas em carboidratos, proteínas e gordura boa. O consumo de proteínas é importante para criar músculos, que vai gerar ganho de peso.

As proteínas contribuem também com as defesas do organismo reforçando o sistema imunológico. Incorpore na sua dieta laticínios e castanha.

Você pode contar anda com os suplementos alimentares específicos para ganhar peso. Toda mudança para atingir seu objetivo deve ser baseada na maneira mais saudável possível.

  1. Atividade física.

Quando ganhamos peso, a probabilidade de que este ganho se concentre na barriga é grande. Conforme envelhecemos esta possibilidade aumenta.

Sendo assim tome cuidado para não ficar com aquela barriguinha de magro. Para ganhar peso e não ganhar barriga é necessário exercício diário para conservar a tonicidade do corpo.

O ideal é um equilíbrio de exercícios de flexibilidade, musculação e aeróbicos.

  1. Ingerir líquidos.

A ingestão de líquidos é extremamente importante para se manter saudável e você deve fazê-lo.

No entanto você deve evitar de ingeri-los momentos antes ou durante as refeições. A ingestão de líquidos pode lhe dar uma falsa sensação de saciedade diminuído assim seu apetite.

  1. Consumir frutas.

Quem disse que para ganhar peso é necessário grande consumo de açúcar?  Esta ideia é bem antiga, mas atualmente é do conhecimento de muitas pessoas que podemos encontrar a frutose e as calorias naturais nas frutas.

São classificadas como frutas “gordas” e podem ser consumidas como sobremesa ou acompanhamento do café da manhã as seguintes: coco, abacate, banana, caqui, açaí, são algumas delas.

  1. Dieta hipercalórica.

Esta dieta é uma opção para quem ganhar peso. Ela é justamente baseada no alto consumo de calorias. Esta dieta consiste em consumir mais calorias do que você gasta diariamente. Você deve fazer refeições que tenham maior quantidade e escolher alimentos mais ricos em calorias, não deixando de consumir também proteínas, carboidratos e vegetais.

Com esta dieta você terá dois benefícios: obterá aumento de massa muscular e maior resistência física.

O que comer para ganhar peso

Pois bem, o fato é que realmente não é fácil saber o que comer quando o assunto é ganho de peso. No entanto, a premissa principal é: coma comida de verdade. O fast food até pode ser eficiente para o ganho de gordura, mas pode prejudicar a saúde.

Então, veja a seguir o que comer para ganhar peso:

  • Proteínas: carne vermelha, frango, queijo, peixe e ovos.
  • Carboidratos: macarrão, pão, arroz, lentilha, feijão, farinha de aveia (é um dos mais ricos), banana, batata. Cereais integrais são riquíssimos em carboidrato e baixo índice glicêmico. São ótimos “combustíveis” para realizar atividades físicas.
  • Gordura: azeite de oliva, nozes, óleo de coco, amêndoas, abacate, linhaça, chocolate amargo. Todos pertencem a categoria dos alimentos que possuem gordura boa.

Como você pode observar para ganhar peso você deve combinar os três macronutrientes mais importantes na sua dieta: gorduras boas, carboidratos e proteínas.

Lembramos também que você deve respeitara a individualidade do seu organismo

É muito importante que idosos, gestantes, lactantes, crianças, pessoas portadoras de doenças ou em tratamento, atletas de alto desempenho, intolerantes ou com alergia alimentar, pessoas em recuperação pós-cirúrgica devem sempre serem acompanhadas por um profissional de saúde.