O que Fazer Para Combater a Impotência Sexual?

A impotência sexual, também chamada de disfunção erétil, é uma condição bastante delicada para os homens, afinal, abala diretamente a sua virilidade e masculinidade.

Atualmente, cerca de 25 milhões de homens sofrem com esse problema, segundo dados da Sociedade Brasileira de Urologia, sendo uma patologia que vai muito além de questões apenas físicas.

Embora se apresente com maior frequência em homens a partir dos 40 anos de idade, a impotência também pode acontecer em jovens. O que você precisa saber é que na maioria dos casos, o problema pode ser revertido usando o size plus e o homem pode voltar a ter uma vida sexual ativa.

O que é a impotência?

A impotência sexual é uma condição na qual o homem não consegue ter ou não consegue manter uma ereção que seja satisfatória para a penetração.

Essa é uma dificuldade que interfere muito na qualidade de vida masculina.

Vale lembrar que falhas ocasionais não são consideradas com impotência, afinal, acontece com todo mundo. No entanto, quando o problema se manifesta em ao menos 60% das tentativas, podemos ter o princípio de um diagnóstico de disfunção erétil.

Como a impotência acontece

Uma das principais causas para essa condição são os danos às artérias. Isso porque, para que o pênis possa ficar ereto, é preciso que haja um bom fluxo de sangue no seu interior, preenchendo os corpos cavernosos por completo.

Quando a circulação sanguínea está comprometida, o abalo pode ser sentido no desempenho sexual.

Mais do que isso, problemas emocionais e psicológicos também podem causar a impotência sexual, sendo necessário sempre ter o decido acompanhamento médico para identificar corretamente as origens do problema.

O que fazer se apresentar impotência?

O primeiro passo de quem acha que está com impotência é procurar um médico urologista. O profissional deverá realizar exames clínicos, além de fazer uma série de perguntas para entender melhor o caso, a frequência em que o problema acontece, os momentos que isso se manifesta, há quanto tempo você tem os sintomas e muito mais.

Portanto, é importante ir preparado para explicar bem o quadro pelo qual você está passando, a fim de ter o diagnóstico mais preciso.

Ele também pode solicitar alguns exames, para avaliar as estruturas do pênis, níveis hormonais e outros.

Somente a partir disso tudo é que os tratamentos poderão ser recomendados, podendo ser feito por meio de uso de medicamentos, terapia, mudança de estilo de vida ou a combinação deles.